Própolis orgânica ganha estudo sobre seu valor nutricional, saiba mais e experimente!


Publicado em 20/03 às 16h

Por Valéria Paschoal  VP Centro de Nutrição Funcional

A própolis é um subproduto sintetizado pelas abelhas a partir da extração de diferentes plantas. Há muitos anos, a própolis é popularmente utilizada principalmente no tratamento de infecções e outras desordens do sistema imunológico. A presença de compostos bioativos, como os flavonóides, vitaminas B1, B2, B6, C e E, e minerais, como manganês, zinco, cálcio, fósforo e cobre, atribui à própolis diversas ações orgânicas, como efeito antimicrobiano, antiinflamatório e antioxidante. A qualidade da composição da própolis varia de acordo com a origem botânica da extração feita pelas abelhas. Dessa forma, a própolis orgânica, que provém da extração apícola de vegetações livres de agrotóxicos e fertilizantes químicos, é a que apresenta efetivamente os componentes ativos e nutricionais.

Nesse sentido, uma recente pesquisa, realizada na USP de Piracibaba em parceria com a Universidade federal de Alfenas, confirma a ação farmacológica da própolis orgânica produzida no sul do país. As 78 amostras avaliadas foram obtidas em áreas de preservação permanente e de reflorestamento, garantindo a origem orgânica livre de agrotóxicos. Os resultados mostraram que a própolis brasileira, produzida na região sul, pode ser considerada uma excelente fonte de compostos bioativos, com potencial aplicabilidade na área nutricional e farmacêutica.

Esta é mais uma evidência da importância de valorizarmos nossa biodiversidade e o cultivo orgânico e de origem na agricultura familiar, pois assim obtemos benefícios à nossa saúde respeitando a saúde do planeta.

 

 Receita: Decocção de cascas de jabuticaba com gengibre e própolis

 Ingredientes:

  • Cascas de 6 jabuticabas
  • 2 lascas finas de gengibre
  • 150ml de água filtrada
  • 10 a 15 gotas de gotas de extrato glicólico de própolis orgânico (11%)*

Modo de preparo: Cozinhe as cascas de jabuticaba e as lascas de gengibre em 150ml de água em um recipiente de cerâmica, aço inoxidável ou vidro tampado. Coe, despeje em uma xícara de vidro ou cerâmica e acrescente as gotas de própolis.

*Vale ressaltar que a dosagem de própolis deve ser ajustada de acordo com cada pessoa, assim como o tempo de tratamento e possíveis contra-indicações, que devem ser verificados com um nutricionista antes de iniciar o uso. Lembrando, ainda, que o uso de própolis não deve ser contínuo, pois pode causar toxicidade ao fígado, reforçando, mais uma vez, a necessidade de acompanhamento de um nutricionista.



ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA PROMOÇÕES E CONTEÚDOS EXCLUSIVOS