Vamos adotar uma alimentação ecológica e preparar receitas nutritivas nesta época de desafios


Publicado em 23/04 às 15h

Por Valéria Paschoal - VP Consultoria Nutricional

        

           A saúde humana, dos animais e dos ecossistemas está estreitamente ligada com a pandemia do novo Coronavírus. Sem sombra de dúvida, a pandemia gerada pela disseminação da COVID-19 é um grande alerta para que a humanidade repense seus hábitos de consumo relacionados com a natureza.

          A COVID-19 nos mostra como vem sendo irresponsável o tratamento que os seres humanos têm adotado em relação à biodiversidade, o que abrange as plantas e os animais de cada continente. A grande causa desta pandemia não teve início pelo consumo de sopa de morcegos ou de animais silvestres, e sim pela própria destruição dos habitats destes seres vivos pela agricultura industrial, o que gera as condições para as aceleradas mutações virais, além do fato do uso abusivo de antibióticos na agropecuária.

          Ou seja, diversos outros vírus, assim como o causador da COVID-19, estão relacionados a um sistema agroalimentar sustentado na ideia antropocêntrica de que determinados animais, como vaca, porcos e galinhas, são meros objetos de exploração. Diante disto, estamos inseridos em um planeta fazenda, onde o agronegócio não se importa com a natureza, ao buscar o lucro, a qualquer custo, em sua produção, seja por meio da apropriação de terras, do desmatamento e do uso de agrotóxicos.

          O problema da crise atual vai além da visão sanitarista, centrada na saúde pública, mas avança em direção ao sistema de vida contemporâneo, que declarou guerra ao equilíbrio natural. Portanto, há uma necessidade emergencial de políticas centradas no cuidado com a vida, capazes de recuperar e de criar sistemas alimentares sustentáveis.

          Diante deste cenário, é de suma importância mantermos hábitos saudáveis e uma alimentação equilibrada e diversificada, rica em frutas e vegetais. É a manutenção desta rotina alimentar que gerará um aumento da ingestão de nutrientes, de antioxidantes e de compostos bioativos essenciais, que atuam na modulação do sistema imunológico!

          A quarentena é um ato de responsabilidade social, de ética e de empatia, que deve ser respeitada e aproveitada da melhor maneira possível. Para que essa quarentena seja mais gostosa e nutritiva, elaborei algumas receitas para você manter seu sistema imunológico forte, resistente e ativo!

 

 

           Receita: Bolo de Abacaxi

 

           Ingredientes:

 

400g de abacaxi picado

180g de açúcar mascavo orgânico

3 ovos (separar e fazer clara em neve)

50ml de azeite de oliva extra virgem

500g de farinha sem glúten preparada (1 xícara de chá de fécula de batata + ½ xícara de chá de polvilho doce + 3 xícaras de chá de farinha de arroz = total de 1080 g USAR SOMENTE 500g por preparação)

10g de fermento biológico

Raspa de casca de limão para finalização

Manteiga para untar

           Modo de preparo: Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte a assadeira com manteiga e enfarinhe. Bata no liquidificador o abacaxi, as gemas, o azeite, o açúcar e uma pitada de sal. Passe para uma tigela e junte com a farinha e o fermento. Misture bem, e por último acrescente as claras em neve. Misture cuidadosamente, coloque na forma e leve ao forno. Deixe assar até dourar.

      Receita: Pão de aveia com ora-pro-nóbis

      Ingredientes:

          480g ou 2 xícaras de chá de farinha sem glúten preparada (1 xícara de chá de fécula de batata + ½ xícara de chá de polvilho doce + 3 xícaras de chá de farinha de arroz = total de 1080 g USAR SOMENTE 480g por preparação)

          ¼ de xícara de chá de mix de óleos (20 ml de óleo de linhaça + 20 ml de óleo de abacate + 20 ml de   óleo de coco + 40 ml de azeite extra virgem) – mistura para 100 ml

          ½ de xícara de chá de farinha de ora-pro-nóbis

          1 colher de sopa de fermente biológico

          1 colher de sopa rasa de sal

          1 ¼ xícara de chá de água morna

          3 ovos

          1 colher de sopa de mel

 

           Modo de preparo: No liquidificador colocar a água, ovo, óleo e o fermento e bater bem. Com o liquidificador ligado em velocidade BAIXA continue colocando todos os outros ingredientes um a um (exceto a aveia). Bater bem para que a massa fique bem homogênea. Desligar o liquidificador e acrescentar a aveia misturando bem. Colocar a massa em forma para pão e deixar crescer. Assar em forno pré-aquecido a 200º por 30 a 40 minutos. Esfriar e servir.

           Receita: Pesto de manjericão com ramas de cenoura e salsa

           Ingredientes:

           60g de rama de cenoura

           40g de manjericão

           10g de amendoim torrado

           10g de salsa

           4 dentes de alho

           1 pitada de sal

           ½ copo de mix de óleos (20 ml de óleo de linhaça + 20 ml de óleo de abacate + 20 ml de óleo de coco + 40 ml de azeite extra virgem) – mistura para 100 ml

 

           Modo de preparo: Lave bem as ramas, o manjericão e a salsa. Bata no liquidificador todos os ingredientes até formar o pesto.

           Receita: Leite de licuri  

           Ingredientes:

           1kg de licuri

           2 litros de água

           Canela em pau

 

           Modo de preparo: Coloque o licuri de molho em água de um dia para o outro. Escorra e lave bem. Bata no liquidificador o licuri com a água até formar um líquido grosso. Coe, acrescente a canela em pau. Esquente e sirva.