Via Campesina lança história em quadrinho para valorizar o papel das mulheres camponesas


Publicado em 27/03 às 11h

Por equipe Via campesina

 

          Por ocasião do Dia das Mulheres Trabalhadoras, a Via Campesina lançou sua história em quadrinhos Campesinas com Direitos. São dez esboços visualmente poderosos ilustrados pelo artista e ativista argentino Carlos Julio, onde se busca elevar o nível de conscientização das pessoas sobre o papel fundamental que as mulheres camponesas desempenham na produção de alimentos saudáveis e destaca a urgência de garantir seus direitos.

          A história em quadrinhos é inspirada na ‘Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Camponeses e outras pessoas que trabalham em áreas rurais’ (UNDROP), adotada oficialmente pela Assembléia Geral das Nações Unidas em dezembro de 2018, após uma árdua luta e mobilização da Via Campesina e aliados durante mais de uma década.

          A Declaração promove os direitos de milhões de mulheres e de homens camponeses, que alimentam quase 70% da população mundial, apesar de terem acesso a apenas a um quarto das terras cultiváveis do globo terrestre.

          Particularmente, esta história em quadrinhos representa graficamente os direitos das mulheres camponesas citados na Declaração, promovendo a igualdade de propriedade sobre territórios e recursos naturais e minerais; solicitando melhores sistemas de saúde nas áreas rurais e melhores infraestruturas e instalações educacionais; ecoando as demandas por salários justos; destacando a imensa contribuição das trabalhadoras e camponesas na produção de alimentos saudáveis. Além disso, essas obras de arte também são uma expressão de resistência ao patriarcado e a todas as formas de violência. Elas também exigem o fim do uso de agrotóxicos no campo, que representa enormes riscos para quem produz e consome esses alimentos, afirmando o caminho da Soberania Alimentar que alimenta os povos e esfria o planeta.

          Finalmente, também visa facilitar as ações de treinamento e  de multiplicação, tanto para as organizações membros da Via Campesina, quanto para organizações aliadas e da sociedade civil sobre o assunto. Além de fornecer elementos necessários para o desenvolvimento de políticas públicas com dignidade e justiça social.

          Ao longo do ano, a Via Campesina lançará uma série de materiais educacionais que ajudarão a popularizar o conteúdo da Declaração entre as comunidades camponesas e outros setores.

         Clique aqui para baixar o quadrinho e difundir amplamente.