A expressão verbal Interser significa a forte intercomunicação de tudo que faz parte do universo


Publicado em 21/02 às 14h

Por Conceição Trucom – DoceLimão

        A primeira vez que ouvi esta palavra InterSer, pela Mônica Passarinho, uma especialista em Educação Sistema e AgroEcologia, fiquei fascinada por saber mais... Intuitivamente percebi que ela guardava muita potência de Amor e de Ser.

         Na essência, Interser é um neologismo criado pelo mestre budista vietnamita Thich Nhat Hanh (nomeado para Prêmio Nobel da Paz), que significa a forte intercomunicação de todos os seres, de todos os reinos, de tudo que faz parte do universo. Mais que comunicação, uma interdependência mútua de tudo. Desde que tudo e eu existimos em relacionamento mútuo, portanto, você, o sol, o solo, este computador e teclado onde escrevo, e eu InterSomos. Não poderia escrever meus livros e textos sem nada vezes nada disso existir ou Ser...                                                            

        Ter este conhecimento internalizado me transforma em compaixão, empatia e amor...

        Como Thich Nhat Hanh descreve em seus escritos, sem a nuvem que sombreou e choveu sobre o solo, a árvore não seria possível, e uma folha de papel não seria possível... porque sem a chuva não haveria árvore e, sem ela, não poderíamos produzir o papel. Portanto, nuvens e papéis InterSão. Da mesma forma, o solo, o agricultor que plantou e cuidou das árvores, quem colheu e picou a árvore, os funcionários da indústria e aqueles que criaram e produziram as máquinas de produzir papel InterSão.

        Tudo coexiste em tudo, como em um holograma: Nada existe de fato isolado. Tudo está inter-relacionado, tudo InterÉ ou InterEstá com o resto das coisas. Nem uma única flor pode existir isolada de si mesma, ela só pode existir porque se InterRelaciona com todo o cosmos. E o mesmo vale para nós também!

        INTERSER = INTERCONEXÃO E AMOR

        Na verdade, é fácil sentir essa consciência de InterSer. Você só precisa olhar em volta para ver como esses laços de coexistência se desdobram em todos os lugares. E se você ainda tem dúvidas, basta imaginar que você é o único ser existente ... para perceber que não é possível viver sozinho. Falar sobre o InterSer é reconhecer e Compartilhar Gratidão e Amor.

        Compreender nosso pertencimento e InterSer nos une a todas as coisas. Torna-se um motor, um sentido de toda a nossa realidade. É neste contexto de InterConexão e InterSer, onde "eu sou você " faz sentido, conforme descrito neste belo poema de Thich Nhat Hanh:

 

          Você sou eu e eu sou você.

          Não é óbvio que "inter-somos"?

          Você cultiva a flor em você,

          para que eu seja bonita.

          Transformo o lixo em mim,

          para que você não precise sofrer.

          Eu te apoio;

          Você me apóia.

          Eu estou neste mundo para lhe oferecer paz;

          Você está neste mundo para me trazer alegria.

 

          DESCONEXÃO ou INTERSER?

          Esta é a sua escolha, a nossa escolha e a grande pergunta diante de cada desafio: O que o AMOR faria? O que o InterSer faria?