Realização da III Formação em CSA na Bahia De uma cultura do preço para uma cultura do apreço


Publicado em 28/10 às 12h

Por Wagner Santos - CSA Brasil

Do dia14 de novembro às 9h até o dia 17 de novembro às 16h, será realizada a III Formação em CSA na Bahia - De uma cultura do preço para uma cultura do apreço, em Camaçari – Bahia.

O curso de formação irá abordar as seguintes questões:

O que é CSA?

Como criar uma CSA?

Abaixo segue o conteúdo da vivência.

Embasamento filosófico e princípios de uma CSA:

Em nosso tempo devemos reconhecer que sem o direito da mãe Terra não há direitos humanos. No momento em que nós reconhecemos isso, estabelece-se um laço sagrado entre ser humano e a Terra. Um laço que se encontra nas cosmologias espirituais de várias culturas. Atingimos uma época empolgante se, no caminho para um novo estado de consciência, podemos renunciar aos velhos cismas entre norte

e sul, entre produtores e consumidores e entre agricultores e cientistas. Nesse processo, a Terra é o fundamento da nova civilização. Quando começamos a encarar o mundo não mais como um grão de poeira no universo, mas como uma semente de uma planta que quer germinar, cheia de futuro, alcançamos possibilidades totalmente novas. Devemos aceitar apenas que somos nós que criamos uma boa base para o germinar da semeadura. O que seria uma tal base? Temos que começar a compreender, a aprender, principalmente a entender o mundo como uma escola, como uma oficina para o futuro.

E as oficinas são constituídas por todos nós juntos. Como ser criativo, o ser humano tem a capacidade de atuar criativamente, não somente no âmbito dos tipos de artes tradicionais, mas também de formar artisticamente a estrutura social. Na escultura social, o ateliê situa-se entre as pessoas. No entanto, necessitamos de campos de atividades nítidos, nos quais podemos trabalhar uns com os outros de maneira igualitária. A tarefa é nos formar como grupo em uma nova cultura de relacionamento.

Como podemos desenvolver esta nova cultura de relacionamento sem que eu abandone o desenvolvimento da minha própria personalidade, que reconheço necessário, sem ferir a igualdade do outro, e ao mesmo tempo agir fraternalmente? Nós não temos muita consciência quão grandiosa é a contribuição de um sítio/fazenda e o trabalho com a natureza. Eles são essenciais para o desenvolvimento de nossa vida interior (anímica) e a formação de nossas habilidades sociais. E esses são aspectos fundamentais da agricultura e dos sítios/fazendas do futuro.

Através de exercícios artísticos, reflexões e trabalhos práticos no campo, vamos nos acercar destes temas para compreender os princípios de uma Comunidade que Sustenta a Agricultura.