O limão é um fruto sagrado que traz lucidez, favorece a meditação e potencializa nossas vidas!


Publicado em 28/10 às 11h

Por Conceição Trucom – DoceLimão

Em uma passagem do livro Os mistérios de Shambala, quando o autor se refere a essa remota era planetária, lê-se: A única fruta que, por suas propriedades curativas especiais, conservou sua acidez natural foi o limão.

Em botânica oculta, o limão é chamado "o fruto sagrado", pois contém elementos dinâmicos procedentes da aura etérica da Terra que podem ajudar a humanidade a preservar sua saúde física, se utilizados judiciosamente.

E mais que isso, o limão chegou à Terra para ajudar o ser humano, agora um bípede, com o cérebro frontal (cérebro novo) ativado, a enxergar melhor, ter horizontes, planejar como chegar nessas novas metas que são mais distantes, desenvolver a capacidade de raciocínios que precisam ser lúcidos e claros, e fazer uso do discernimento - corpos mentais. Saiba mais em Limão é lucidez

Veio também para ajudar o ser humano a ser mais desintoxicado, portanto menos denso, mais sutil, com maior potencial de enxergar "o todo" e assim ser mais positivo, construtivo e bem-humorado - espiritual. Saiba mais em Limão - Agente desintoxicante e adstringente

Veio também para ajudar o ser humano a fazer bom uso do seu corpo físico, cuidando para que seu organismo viva a harmonia metabólica, favorecendo a meditação, a concentração e a visão/intuição - corpo energético/emocional. Saiba mais em Não podemos ser ácidos

E o limão é tão sagrado que se torna 100% terapêutico, 100% poderoso, se integrado com frutas, folhas, raízes, sementes germinadas e legumes. Quanto mais integrado, maior seu poder de alcalinizar, de mineralizar e de provocar a manutenção e/ou resgate da saúde plena. Saiba mais em Limão - Agente alcalinizante e mineralizante

Sendo uma fruta absolutamente solar, entra em nossas células trazendo luz, digestão, excreção, respiração, vitalidade, juventude, saúde: VIDA! Saiba mais em Os componentes ácidos do limão

Com toda essa aproximação e perspectiva, torna-se inevitável sentir ao que um dia ensolarado nos instiga: leveza, alegria, bom-humor, bom astral, fluidez, relaxamento e paz.