CSA é um caminho que proporciona mais sustentabilidade


Publicado em 17/07 às 16h

Por Claudia Vivacqua de Figueiredo - CSA Brasil

O conceito de uma Comunidade que Sustenta a Agricultura ( Community Supported Agriculture) denominada CSA, nos apresenta uma prática de sucesso para um desenvolvimento agrário sustentável e o escoamento de produtos orgânicos de uma forma direta ao consumidor, criando uma relação próxima entre quem produz e quem consome os produtos.

CSA é um modelo de um trabalho conjunto entre produtores de alimentos orgânicos e consumidores: um grupo fixo de consumidores se compromete por um ano (em geral) a cobrir o orçamento anual da produção agrícola. Em contrapartida os consumidores recebem os alimentos produzidos pelo sitio ou fazenda sem outros custos adicionais. Desta forma o produtor sem a pressão do mercado e do preço, pode se dedicar de forma livre a sua produção. E os consumidores recebem produtos de qualidade, sabendo quem os produz e aonde são produzidos.

CSA, uma Comunidade que Sustenta a Agricultura oferece uma nova forma de economia em uma atuação conjunta com agricultores ativos e agricultores passivos, para a produção de alimentos. Uma nova forma que oferece vantagens para a terra, plantas, animais e o homem. Nos últimos anos o conceito da CSA despertou grande interesse nos âmbitos de desenvolvimento regional, alimento e agricultura orgânica. Em 2011 no Forum Mundial de Porto Alegre, o conceito da CSA foi apresentado como um dos favoritos com grande potencial de futuro.

CSA BRASIL começou o seu trabalho no ano de 2011 com a meta de proteger as pequenas estruturas agrícolas através da formação de sítios da CSA em diferentes localidades. E para contribuir de forma efetiva com a melhora da situação alimentar de crianças e adultos. No Brasil existem hoje projetos em vários Estados. Você pode se informar mais sobre Associação CSA BRASIL.