As Comunidades que Sustentam a Agricultura como Comunidades de Aprendizado!


Publicado em 21/05 às 16h

Por Claudia Vivacqua de Figueiredo CSA Brasil

Aprender novas formas de se relacionar com o alimento, com o agricultor, com o grupo são algumas das diversas possibilidades que uma CSA proporciona. A CSA é como uma escola da vida, onde podemos desenvolver na prática novas culturas de relacionamento.

Uma criança pequena aprende (até os sete anos) através da imitação. Ou seja, ela imita a atividade externa e interna do(s) adulto(s) que estão ao seu redor. Se ela vivencia que seus pais ou quem cuida dela têm hábitos alimentares saudáveis, que esses adultos vão toda semana buscar suas verduras e frutas nos pontos de CSA, onde muitas vezes podem se encontrar diretamente com o agricultor, conversar com ele e ajudar na Horta, elas aprendem a se alimentar bem, a valorizar o alimento, quem planta e o apreço por todo esse trabalho.

O adulto aprende pela consciência e mudança de hábitos e paradigmas. Aprende através da autoeducação e da vontade de transformar (se)! Isso significa no caso da CSA; aceitar a sabedoria da Terra quanto à sazonalidade dos alimentos; respeitar o compromisso assumido com o grupo e o Agricultor; ser parceiro na abundância e na escassez; treinar confiança; treinar apreço; sair da cultura do "delivery" responsabilizando-se em buscar seus alimentos; tomar decisões conjuntas,entre tantas outras possibilidades!

A CSA é uma linda escola, onde desenvolvemos humanidades!!!!



ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA PROMOÇÕES E CONTEÚDOS EXCLUSIVOS