Descubra como fazer os brotos de girassol usados na Alimentação Viva


Publicado em 18/04 às 10h

Por Conceição Trucom  Doce Limão

Para mim, um brotário é um berçário de plantas: temos que ter todo o cuidado necessário para que tudo dê certo. Mas é muito regenerador, muito animador, para quem deles cuida e colhe. Vamos começar pelo broto de girassol, um dos que mais gosto, com seu sabor delicado de agrião, sua crocância, além de extrema beleza...

  1. Compre a semente de girassol com casca da variedade miúda.
  2. Coloque 2 xícaras (chá) sobre uma bancada clara para fazer a catação de sementes quebradas, abertas ou vazias.
  3. Coloque as sementes escolhidas (sadias) numa peneira e lave sob água corrente.
  4. Coloque em uma tigela de vidro, cerâmica ou porcelana, cubra com água filtrada e deixe hidratar por 6 a 8 horas.
  5. Passe novamente para uma peneira, escorra e lave bem as sementes.
  6. Apoie a peneira sobre a tigela e deixe em germinação por 16 a 24 horas (até que surjam os narizinhos, mas não deixe que fiquem de tamanho maior que o comprimento da semente), lembrando-se de: a) deixar em local sombreado e longe de crianças e animais, b) lavar sob água corrente a cada 8 horas.
  7. Em separado misturar 4 partes de uma terra de humus de boa qualidade com 1 parte de areia do mar. Arrumar em bandejas ou potes com uma coluna de 2-3 dedos de altura de terra.
  8. Colocar as sementes germinadas sobre a superfície de terra, de tal forma que cubra toda a terra, mas que não fiquem sementes muito amontoadas.
  9. Deixe as primeiras 8 horas em local escuro para que facilite o enraizamento.
  10. Na sequência colocar as bandejas em local bem iluminado de luz solar, porém protegido de vento e luz muito direta, pois irá desidratar rapidamente as sementes e a terra, e os brotos irão morrer antes de vingar.
  11. Pulverize com um borrifador as bandejas uma ou duas vezes por dia. O excesso de água irá apodrecer as sementes, e dar fungos nas raízes.
  12. Caso surja algum fungo, bem no início do plantio, jogue um pitada de areia do mar sobre eles, que desaparecerão em um par de horas.
  13. Colha os brotos quando alcançarem de 12 a 16 cm. Acima de 16 cm eles não são adequados para consumo alimentar, mas para plantio e viveiros

Bom apetite!



ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA PROMOÇÕES E CONTEÚDOS EXCLUSIVOS