Aumento no número de brasileiros intoxicados por agrotóxicos


Aumento no número de brasileiros intoxicados por agrotóxicos

Publicado em 11/10/2018 às 16:31



Dados do Ministério da Saúde mostram que milhares de brasileiros sofreram intoxicação por agrotóxicos entre 2007 e 2015, confirmada por médicos e com sinais clínicos evidentes, como náuseas, diarreia, problemas respiratórios e alterações em parâmetros bioquímicos, avaliados por exames laboratoriais1.

 A exposição em meio agrícola foi a mais relatada. Dentre as circunstâncias para a intoxicação, duas principais ganham maior destaque: suicídio e acidentes em ambiente de trabalho1.

Com este perfil alarmante, pesquisadores sugerem o aumento na incidência de algumas doenças, caso esta exposição não seja reduzida. Na literatura atual, é possível encontrarmos diversos efeitos colaterais associados a diferentes vias de exposição, como alimentação e pelo contato respiratório2,3.

Para enfatizar estes efeitos, estudos têm mostrado que a inalação de agrotóxicos pelos agricultores gera aumento da inflamação em vias respiratórias, podendo contribuir com obstrução e mudanças nas funções pulmonares. Estes dados são correlacionados com o aumento na incidência de asma4,5.

Doenças metabólicas também podem ser desencadeadas com esta exposição, uma vez que é constatada correlação entre estas toxinas e mudanças em metabolismo glicídico e lipídico. Vale ressaltar que as doenças metabólicas – como as cardiovasculares, diabetes e obesidade – apresentam maiores taxas de mortalidade e morbidade no Brasil e no mundo6,7.

Os efeitos maléficos dos agrotóxicos já são observados desde o desenvolvimento da criança durante a gestação. Uma análise realizada com a população brasileira mostrou que os estados que usavam maiores concentrações de agrotóxicos para produção agrícola apresentaram aumento  no risco de anormalidades congênitas que afetam os sistemas nervoso central e cardiovascular8.

Podemos diminuir esta gravidade com o consumo de alimentos orgânicos e biodinâmicos. Com este hábito, preservamos nossa saúde de milhares de agricultores, além contribuir com nossa rica biodiversidade, que também sofre com o uso abusivo destas substâncias.

Referencias Bibliográficas

1- BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador. Relatório Nacional de Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Agrotóxicos. Brasília: Ministério da Saúde, 2018.

2-VAN DER PLAAT, D.A.; JONG, K.; VRIES, M. et al. Occupational exposure to pesticides is associated with differential DNA methylation. Occup Environ Med; 75(6): 427-435, 2018.

3- ALHAMA, J.; FUENTES-ALMAGRO, C.A.; ABRIL, N. et al. Alterations in oxidative responses and post-translational modification caused by p,p – DDE in Mus spretus testes reveal Cys oxidation status in proteins related to cell-redoz homeostasis and male fertlity. Sci Total Environ; 636:656-669, 2018.

4-MATSUI, E.C.; PERZANOWSKI, M.; PENG, R.D. et al. Effect of an integrated pest management intervention on asthma symptoms among mouse-sensitized children and adolescentes with asthma: a randomized clinical trial. JAMA; 317(10):1027-1036, 2017)

5-JONG, K.; BOEZEN, H.M.; KROMHOUT, H. et al. Pesticides and other occupational exposure are associated with airway obstruction: the LifeLines cohort study. Occup Environ Med; 71(2):88-96, 2014.

6- FORSYTHE, S.D.; DEVARESETTY, M.; SHUPE, T. et al. Environmental toxin screening using human-derived 3D bioengineered liver and cardiac organoids. Front Public Health; 6:103, 2018.

7-ANDERSEN, H.R.; TINGGAARD, J.; GRANDJEAN, P. et al. Prenatal pesticide exposure associated with glycated haemoglobin and markers of metabolic disfunction in adolescentes. Environ Res; 166:71-77, 2018.

8-FROES ASMUS, C.I.R.; CAMARA, V.M.; RAGGIO, R. et al. Positive correlation between pesticide sales and central nervous system and cardiovascular congenital abnormalities in Brazil. Int J Environ Health Res; 27(5):420-426, 2017.


ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA PROMOÇÕES E CONTEÚDOS EXCLUSIVOS