Ciclo circadiano & saúde metabólica


Ciclo circadiano & saúde metabólica

Publicado em 03/09/2018 às 15:46



Os problemas metabólicos são condições prevalentes nos dias de hoje, justificados, principalmente, pela má alimentação. Ainda, há alguns estudos que mostram que alterações no ciclo circadiano também podem exercer impactos no ganho de peso, aumentando o risco de obesidade e doenças associadas 1,2.

Diversos fatores podem influenciar na adequada condução do ciclo circadiano. A exposição prolongada à luz no período da noite, por exemplo, foi proposto como um disruptor do ciclo circadiano, em um estudo conduzido em ratos que foram expostos à simulação de um dia mais longo. Essas alterações foram correlacionadas com aumento de fatores genéticos que interferem no metabolismo lipídico, predispondo ao aumento nos níveis de triglicérides3.

Ainda, um estudo realizado em modelo experimental observou que a alta exposição à luz, concomitante ao consumo de uma dieta hiperlipídica, comprometeu o funcionamento de células β-pancreáticas, sendo um fator de risco para o desenvolvimento de diabetes4.

A má qualidade do sono é outro fator que pode prejudicar o adequado funcionamento do ciclo circadiano. Para mostrar esta correlação, um recente estudo conduzido com pacientes que apresentaram sono insuficiente – aproximadamente 5 horas de sono por dia – mostrou alterações em hormônios anorexígenos e orexígenos – que controlam saciedade e fome, respectivamente -, sugerindo que a restrição crônica do sono pode ser um gatilho para o aumento no consumo alimentar e redução de saciedade5.

Portanto, esses fatores precisam ser levados em consideração durante o planejamento de uma alimentação saudável, que deve contar com alimentos anti-inflamatórios e a disponibilidade de nutrientes importantes para o ciclo circadiano - como vitaminas do complexo B, zinco, magnésio e triptofano, por atuarem como moduladores do sistema neuroendócrino.

Referências Bibliográficas:

1.FROY, O.; GARAULET, M. The circadian clock in white and brown adipose tissue: machanistic, endocrine, and clinical aspects. Endocr Rev; 39(3):261-273, 2018.

2.ANOTHAISINTAWEE, T.; LERTRATTANANON, D.; THAMAKAISON, S. et al. The relationship among morningness-eveningness, sleep duration, social jetlag, and body mass index in asian patients with prediabetes. Front Endocrinol; 9:435, 2018.

3.XIE, X.; ZHAO, B.; HUANG, L. et al. Effects of altered photoperiod on circadian clock and lipid metabolismo in rats. Chonobiol Int; 34 (8):1094-1104, 2017.

4.QIAN, J.; YEH, B.; RAKSHIT, K. et al. Circadian disruption and diet-induced obesity synergize to promote development of B-cell failure and diabetes in male rats. Endocrinology; 156(12):4426-36, 2015.

5.MCHILL, A.W.; HULL, J.T.; MCMULLAN, C.J. et al. Chronic insuficiente sleep has a limited impact on circadian rhythmicity of subjective hunger and awakening fasted metabolic hormones. Front Endocrinol; 2018. doi: 10.3389/fendo.2018.00319

 


ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA PROMOÇÕES E CONTEÚDOS EXCLUSIVOS