Eixo cérebro-intestino


Eixo cérebro-intestino

Publicado em 27/09/2021 às 10:12



A microbiota intestinal exerce diversos efeitos na homeostase imunológica do sistema nervoso central (SNC).


A composição da dieta influência de forma positiva ou negativa, direta e indiretamente na neuroinflamação. A fibra alimentar e o triptofano são modificados pela microbiota intestinal gerando metabólitos, como os ácidos graxos de cadeira curta (AGCC) e derivados do indol que afetam a atividade funcional das células micróglia e astrócitos que são as principais células residentes locais que contribuem criticamente para processos inflamatórios no SNC.


Os metabólitos do triptofano regulam a produção de mediadores pró e anti-inflamatórios como VEGF-B e TGF-α em microglia e Nos2, Ccl2 e Csf2 em astrócitos. Os SCFAs regulam a ativação da microglia. Além disso, ácidos biliares, SCFAs, sal na dieta e ácidos graxos induzem diretamente a diferenciação de células TH17 ou Treg. Isso pode resultar em atividade alterada das moléculas associadas à inflamação.


O desequilíbrio da microbiota intestinal, como a disbiose influência no desenvolvimento de doenças neurodegenerativas, caracterizadas pela neuroinflamação crônica como as doenças de Parkinson e Alzheimer. Além da secreção metabólitos, ocorre a produção de neurotransmissores pelas bactérias do trato gastrointestinal que desempenham ações diretas no SNC via nervo vago. Nessas situações há um aumento da permeabilidade intestinal e da barreira hematoencefálica (BHE) pela produção de citocinas que poderiam alcançar a corrente sanguínea e atingir o SNC, estimulando a neuroinflamação e neurodegeneração. A disbiose, tanto na infância quanto na terceira idade, aumenta significativamente a probabilidade de disfunção cerebral.


Conheça nosso curso de Fundamentos da Nutrição Funcional e aprofunde seus estudos!


Referências bibliográficas:

JANAKIRAMAN, M.; KRISHNAMOORTHY, G. Emerging role of diet and microbiota interactions in neuroinflammations. Frontiers in Immunology, 9(2067), 2018.

TABALIPA, R.; SANTOS, B. F.; ANJOS, F.; et al.  O eixo microbiota intestinal - cérebro: o papel da disbiose no desenvolvimento de doenças neurodegenerativas. I Simpósio de Neurociência Clínica e Experimental: Neuroinflamação e Neuroinfecção. 2021.

SILVIA, C. F.; AZEVEDO, G. E.; et al. Microbiota intestinal relacionada com a doença de Parkinson. Revista Ensaios Pioneiros; 5(1), 2021.