Acne e vitamina D


Acne e vitamina D

Publicado em 25/08/2021 às 09:19



A acne é um dos desequilíbrios cutâneos mais comuns e possui inúmeras causas, podendo até mesmo ser considerada uma desordem metabólica. A queratose do folículo capilar, a colonização por Propionibacterium acnes e a superprodução de sebo estão entre fatores fisiopatológicos mais estudados. A inflamação também é um fator determinante no processo e, dessa forma, algumas estratégias terapêuticas, inclusive nutricionais, são direcionadas para esse alvo. 

A vitamina D, pelo seu reconhecido papel na regulação do sistema imunológico e também pelas ações na proliferação e diferenciação de queratinócitos e sebócitos, tem sido estudada no tratamento da acne. Um ensaio clínico, com 100 pacientes controles e 100 pacientes com acne, sendo esses últimos randomizados para receber uma suplementação de 0,25mcg de vitamina D/dia (ou placebo) por 3 meses. Os pacientes com acne que receberam a suplementação apresentaram menor severidade da acne e menores níveis dos marcadores inflamatórios TNF-alfa e IL-6. Outro dado interessante apresentado pelo estudo foram os níveis significantemente menores de vitamina D sérica nos pacientes com acne em relação aos controles.

Avaliar as necessidades individuais, exames e os sinais e sintomas é fundamental para a prescrição nutricional individualizada de vitamina D. Considerar as formas químicas, e os fatores que podem interferir em sua biodisponibilidade também é essencial. Saiba mais sobre como prescrever, de forma assertiva, segura e prática, a vitamina D e vários outros nutrientes coadjuvantes para a saúde da pele, como minerais, vitaminas hidro e lipossolúveis com o livro Suplementação nutricional: guia prático para o atendimento, da VP Editora. 


Referências:

Mohamed, A.A. et al. J Dermatolog Treat; 1-6, 2020.

Souza, M. Suplementação nutricional: guia prático para o atendimento. VP Editora, 2021.