Nutrientes e fertilidade masculina


Nutrientes e fertilidade masculina

Publicado em 27/01/2020 às 10:08



O estado improdutivo denominado infertilidade, é um problema global de saúde pública que afeta cerca de 15% da população mundial. Existem fatores de estilo de vida que influenciam a fertilidade humana, dentre esses fatores estão: estresse, uso de drogas, tabagismo, ingestão de álcool e dieta. Quando se trata de infertilidade masculina há associações entre padrões alimentares, consumo de alimentos e nutrientes e a qualidade do esperma. Portanto, ter uma alimentação saudável com padrão mediterrâneo, pode melhorar os parâmetros de qualidade do esperma.

Foi publicado na revista Advances in Nutrition uma revisão sistemática e meta-análise que avaliou o efeito dos nutrientes, suplementos alimentares ou alimentos sobre os parâmetros de qualidade espermática. Para desenvolvimento do estudo 28 artigos foram incluídos para análise qualitativa e 15 para meta-análise quantitativa. Dos 28 artigos, 8 avaliaram suplementos antioxidantes, 4 avaliaram ácido fólico e/ou zinco, 2 artigos avaliaram suplementos de ácidos graxos ômega-3, 5 avaliaram suplementos de coenzima Q10 (CoQ10), 3 avaliaram carnitinas e 6 avaliaram alguns outros suplementos alimentares. De acordo com a pesquisa, os autores concluíram que a suplementação dietética com certos antioxidantes, como selênio, zinco, ácidos graxos w-3, CoQ10 e carnitinas e certos alimentos ricos desses nutrientes, podem modular beneficamente os parâmetros de qualidade do esperma e consequentemente a fertilidade masculina.

Os resultados devem sempre ser interpretados e tratados com cautela, em caso de infertilidade converse com o profissional especializado.

Referência bibliográfica:

SALAS-HUETOS, A.; ROSIQUE-ESTEBAN, N.; BECERRA-TOMÁS, N.; et al. The Effect of Nutrients and Dietary Supplements on Sperm Quality Parameters: A Systematic Review and Meta-Analysis of Randomized Clinical Trials. Advances in Nutrition; 9 (6): 833-848, 2018.