Os sucos de frutas são tão prejudiciais quanto às bebidas açucaradas?


Os sucos de frutas são tão prejudiciais quanto às bebidas açucaradas?

Publicado em 27/09/2019 às 12:20



A alta ingestão de açúcares livres está diretamente associada à má qualidade alimentar, podendo aumentar o risco de obesidade e outras doenças crôncas não transmissíveis. Por definição, “açúcares livres” é o termo utilizado para denominar monossacarídeos e dissacarídeos adicionados a alimentos e bebidas com o intuito de aumentar o sabor doce das preparações, estando naturalmente presentes no mel, xaropes, sucos de frutas e concentrados de suco de frutas1.

Em um estudo recentemente publicado analisando a associação entre o consumo de bebidas açucaradas e o risco de mortalidade em 37.716 homens e 80.647 mulheres (livres de doenças crônicas), evidenciou o maior risco de mortalidade por doenças cardiovasculares e uma associação positiva entre a ingestão de bebidas açucaradas e o risco de mortalidade por câncer1.

Dentro desta discussão, os sucos 100% fruta não devem apresentar adição de açúcar, adoçantes artificiais e outros componentes como corantes ou conservantes artificiais. Apesar de conter menor teor de fibras e vitamina C em comparação às frutas, o suco 100% fruta possui alta concentração de polifenóis – compostos bioativos com importante ação anti-inflamatória, antioxidante, neuroprotetora e quimioprevntiva cujo consumo associa-se com menor risco de diversas DCNT2.  

No estudo de Scheffers et al., foi analisada a associação entre o consumo de suco 100% fruta e o risco de doenças cardiovasculares em 40.011 participantes. Foi encontrado que o consumo de suco 100% fruta em uma quantidade de até 7 copos por semana esteve associado com um risco de 12 a 15 vezes menor de doenças cardiovasculares e de 14 a 17 vezes menor de doença coronariana. Além disso, o consumo moderado de suco 100% fruta foi associado a um risco de 20 a 25% menor de acidente vascular encefálico2. Desta forma é possível concluir que o consumo moderado de sucos 100% fruta traz benefícios à saúde que incluem a redução do risco de doenças cardiovasculares, podendo ser um substituto para as bebidas açucaradas ou adoçadas artificialmente.

Referências bibliográficas:

  1. MALIK, V.S.; LI, Y.; PAN, A.; et al. Long-term consumption of sugar-sweetened and artificially sweetened beverages and risk of mortality in US adults. AHA Journals Circulations; 139: 2113-2125, 2019.
  2. SCHEFFERS, F.R.; BOER, J.M.A.; VERSCHUREN, W.M.M.; et al. Pure fruit juice and fruit consumption and the risk of CVD: the European Prospective Investigation into Cancer and Nutrition–Netherlands (EPIC-NL) study. Br J Nutr; 121(3): 351-359, 2019.