O café da manhã é a refeição mais importante do dia?


O café da manhã é a refeição mais importante do dia?

Publicado em 11/07/2019 às 21:15



Muitos profissionais de saúde sugerem o consumo regular do café da manhã para controle do peso, no intuito da refeição atuar como um fator de proteção contra a obesidade devido à suposição de que pular a refeição pode levar ao consumo descontrolado de alimentos ao longo do dia. No entanto, apesar dessa recomendação ser comum tanto para os profissionais quanto para a comunidade leiga, os estudos que embasam essa recomendação são observacionais e os resultados tem potencial para diversos tipos de vieses1. Ainda, estudo randomizado controlado mostrou que o consumo regular da refeição não exerceu efeitos significativos sobre o peso em indivíduos obesos2. Outro estudo com mesmo desenho e desenvolvido com indivíduos eutróficos mostrou o consumo do café da manhã não exerceu efeito supressor sobre o apetite ao longo do dia (ingestão energética foi 539kcal/dia maior naqueles que consumiam o café da manhã, em comparação com o não consumo)3.

Com base nesta temática, um grupo de pesquisadores da Universidade de Monash (Austrália) desenvolveram revisão sistemática e meta-análise de estudos randomizados controlados com o objetivo de avaliar os efeitos do consumo regular de café da manhã sobre o peso corporal e ingestão energética em adultos (eutróficos ou obesos). Três bases de dados (PubMed, Ovid Medline e CINAHL) foram acessadas para a busca de artigos publicados entre 1990 e 2018. Após a leitura do título e resumo de todos os estudos recuperados e seleção daqueles que iam de encontro com os critérios pré-determinados, foram incluídos 13 estudos na análise final. Foi encontrado que os indivíduos que não realizavam a refeição apresentavam média de peso menor (em média, -0,44kg), em comparação com aqueles que realizavam o café da manhã. Ainda, os indivíduos que realizavam a refeição apresentaram maior consumo energético total diário (consumo de 259 calorias a mais), embora tenha sido apontada importante heterogeneidade entre os estudos analisados4. Em conclusão, os resultados desta meta-análise mostram que, diferentemente do que se acredita, o café da manhã não é uma refeição essencial para indivíduos que desejam perder peso. Embora alguns indivíduos possam experimentar uma maior ingestão de alimentos ao final do dia, essas diferenças não são suficientes para compensar a menor ingestão energética no café da manhã.

Referências bibliográficas:

  1. Casazza, K.; Fontaine, K.R.; Astrup, A. et al. Myths, presumptions, and facts about obesity. N Engl J Med; 368(5): 446-54, 2013.
  2. Chowdhury, E.A.; Richardson, J.D.; Holman, G.D. et al. The causal role of breakfast in energy balance and health: a randomized controlled trial in obese adults. Am J Clin Nutr; 103(3): 747-756, 2016.
  3. Betts, J.A.; Richardson, J.D.; Chowdhury, E.A. et al. The causal role of breakfast in energy balance and health: a randomized controlled trial in lean adults. Am J Clin Nutr; 100(2): 539-47, 2014.
  4. Sievert, K.; Hussain, S.M.; Page, M.J. et al. Effect of breakfast on weight and energy intake: systematic review and meta-analysis of randomised controlled trials. BMJ; 364: l42, 2019.

 

 


ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA PROMOÇÕES E CONTEÚDOS EXCLUSIVOS